A estamparia da Dior



         A Dior é rica em estampas e suas figuras dizem muito. A marca que é comandada atualmente pela estilista e chefe de criação Maria Grazia Chiuri tem adotado um estilo autêntico com seus vestidos midi, saias de tule e uma estamparia comunicativa onde mais do que passar informação de moda, ela procura trazer ás passarelas uma moda com informação. Temos coleções com vários temas disponibilizados pela designer que procura retratar em suas peças localidades, estilos, posicionamento feminista e um pouco de conhecimento geral. Eu diria que Maria Grazia procura trazer ao público uma moda informativa e também inteligente e consciente. Sua visão de mundo é retratada em estampas trazendo tendências do momento, comportamento cultural e frases de efeito. 


 

Coleção Cruise Dior 2019. A designer trouxe em sua estampa floral, além de cinturões de couro e chapéus, camisaria e gravatas, mangas estruturadas ao estilo das montadoras do rodeio mexicano. A moda de Maria Grazia Chiuri tem suas formas delicadas e femininas e ao mesmo tempo seus temas fortes mostram o quão longe a mulher pode chegar e quão forte e preparada ela pode ser. 

 

No desfile resort da Dior em 2018 a designer traz estampas com temas rupestres em uma pegada folk com um cenário desértico em Calabasas.


A grife também traz a moda Patchwork para as passarelas de outono 2018 em Paris, em uma rica junção de tecidos e cores, revestindo casacos, saias midi, vestidos e pantacourts.


 

 


A coleção cruise 2020 da Dior traz para Marrakech estampas cheias de referência africana com incríveis figuras de paisagens, em arte hipnotizante, figuradas em vestidos longos e saias rodadas. A estilista italiana costuma agregar tecidos e estampas étnicas em suas construções em uma roupagem incrível.


Comentários

Postagens mais visitadas