PASSARELAS | A colaboração final de Karl Lagerfeld para a Chanel

          

         O inverno da Chanel vem com ares monteses e cheio de emoção em um cenário de neve, montanhas e colinas promovido pelo Grand Palais, que traz a ultima coleção de Karl Lagerfeld morto em 19 de fevereiro aos 85 anos de idade. O desfile que foi mais uma homenagem teve inicio com silêncio e a voz do autor em respeito a sua memoria, e aí você já pode esperar por mais emoção principalmente por parte das modelos que sempre estiveram á sua disposição em vários eventos anuais e conheciam de perto o fotógrafo. O show contou com a presença da modelo Cara Delevigne e com a atriz Penélope Cruz que encerrou a apresentação trazendo na mão uma rosa branca. O que não faltou foi choro na  despedida de Karl Lagerfeld que fará falta para a marca. O que podemos esperar é que venham mais novidades, inovação e renovo para essa grife que é tão cobiçada e respeitada pelo público. Mas vamos falar da coleção. 
         O designer trouxe para a linha de inverno 2019-2020, uma coleção rica em xadrez com padronagens diversas, combinações de xadrez grid e pied de coq, riqueza em sobreposições, sobretudos, calças pantalona de alfaiataria que são uma forte tendência para esse inverno, lã grossa estampada para suéteres e saias midi, bem como vestidos. Lindas capas que tem sido destaque em várias passarelas e mais, riqueza de cores, bags e pochetes incríveis e looks de festa all white. Assim aconteceu a colaboração final de Karl Lagerfeld para a Chanel, em mais um épico desfile em uma estrutura nada simplória e corações saudosos.


  

 


 



 

 










Comentários

Postagens mais visitadas